Minhas trelas com Deus!

Hoje estou mais tranquilo e em paz comigo mesmo
Parece que arrancaram uma trave de meu peito
Dói, mas a dor passa.

Minhas trelas com Deus ficarão com Deus,
Nunca trastejei com ele e nunca fui desonesto
Se não o ouvi, não o ouvi.
Sempre quis fazer sua vontade.

Se hoje escolho fazer a minha vontade,
Não sei.
Guardo a paciência de um dia atrás do outro,
Reservo uma palavra para o final
E vou em frente.

Eu me lembro de muitas coisas dos anos passados,
E vejo as faces das pessoas como se fosse hoje.
Cada palavra levada pelos ventos
Todos os despercebidos gestos
E um emaranhado de paisagens e situações

Como será daqui pra frente o mundo ao meu redor?
Se Deus estava comigo, não tenho dúvidas,
Se as pessoas estavam ao meu lado, não tenho dúvidas,
Se eu estava certo do que fazia, não tenho dúvidas,
E nunca terei.

Haviam anjos sentados nos galhos das árvores,
Haviam santos descansando em suas sombras.
Na beira de um rio as areias do reino eterno
E as águas profundas e deliciosas.
Tudo isso fica comigo em meu coração.

Viver é defrontar os vãos que as encruzilhadas trazem,
Machucar o geito que as pessoas olham para você,
Mudar o pensamento e seguir em frente.

Viver é dizer a Deus: me perdoa!
Viver é dizer aos outros: me entenda!

Hoje estou mais tranquilo.
O que virá, virá!

 Ronaldo Sérgio

Anúncios
Esta entrada foi postada em Poesias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s