O pastor do ser!

Deixe um pouco de estar ali. Ali do lado de fora da realidade que pergunta pelo sentido do ser. Olhe bem ao seu redor e fique desperto. Existe um contexto e uma textura que te sustentam neste mundo e que chamamos de “ser”. Todas as coisas que você vê, toca e sente apontam para você mesmo dizendo: você existe como aquele que pastoreia o mundo. Você não existe como aquele que manipula as coisas ou as outras pessoas e nem como um fantoche delas. Ao menos, você não deveria existir assim, porque você não “é” assim. Tudo ao seu redor grita tentando te despertar da cegueira da inconsciência, da dormência da vida sem sentido. Tudo ao seu redor aponta para as mil e uma possibilidades de existir como aquele que pastoreia o mundo desvelando e descobrindo o ser e dando sentido à vida. Porque você “é o pastor e o guardião do ser”. É você que deve dar sentido à existência. Não se deixe manipular pelas coisas diárias, pelos ‘entes’ que nada “ente-ndem” da existência humana. Não seja um fantoche de pessoas que se deixam ou se deixaram corromper pelo não-sentido. Não fique de fora do contexto da vida, do sentido último da existência, de seu próprio ser e ouça e veja o brilho do mundo te pedindo para que nomeie todas as coisas, como uma primeira criação. Todos os dias, todas as coisas, devem ser por você nomeadas e trazidas à vida. Ninguém fará isso por você, nem Deus. Por obra do destino, talvez seremos julgados pela nossa inobservância à esta lei básica da existência: ser pastor e guardião do ser e do sentido do ser: da vida.

 

Ronaldo Sérgio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s