Vá à bosta!

Foto do google

Tinha começado a guerra.
O arrocho dos tiros de canhões,
as bombas caindo do céu,
os gritos entorpecidos de medo,
tudo isso esbagaçando ao seu redor,
e em seu íntimo os bagaços
da esperança e do amor;
enquanto segurava uma foto.

A trincheira parecia uma cova,
levantou os olhos e sentiu,
uma grande cova,
aberta por quem conhece a morte,
o sentimento de perda e de dor.
Parecia um buraco
um buraco pra enterrar um cachorro.

“À primeira voz, estejam a postos”,
virou a foto e leu “com muito amor”,
dobrou-a e enfiou no bolso do uniforme,
perto do coração, marcando o ritmo da vida,
protegendo-o do mal.
Olhou do lado, ninguém,
tinham pulado pra fora,
os amigos de guerra,
os inimigos da morte
e levado tiros,
que lhes arrebentaram as pernas,
os braços, a cabeça, o peito e a alma.

Gritou, agora sozinho, aterrorizado,
com o cheiro de enxofre,
deu um pulo pra frente
e atirando contras as relvas
contra o vento, contra o sol, a luz e a escuridão,
quis matar a deus,
quis matar os companheiros gemendo,
matar a si mesmo,
quando sentiu o sangue frio correr,
lento, molhando a foto e colorindo seu peito.

Ai… deu ainda alguns tiros e levou mais um de soco…
suspirando, tocando as mesmas relvas caiu,
amaldiçoando a vida
amaldiçoando tudo que via,
os homens e as divindades,
“Vá à bosta!”

Ronaldo Sérgio

Anúncios

8 comentários em “Vá à bosta!

  1. KAMBAMI disse:

    Até hoje nada me faz entender matar por matar. Penso e creio já que também sou desse mesmo meio, é algo de dentro de humano nascer e crescer insano. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. Rancho das Crônicas! disse:

    A humanização é um processo…temos que aprender a ser gente e guardar os valores que trazem vida. Obrigado Kambami – http://kambami.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

  3. jomabastos disse:

    Essas palavras podem descrever a atual desumanização que se vive no Brasil. Das maiores taxas de homicídios do mundo!

    Curtido por 3 pessoas

  4. Pra quem faz a guerra, trata-se do lugar certo pra ir

    Curtido por 2 pessoas

  5. Guerra. Por qual motivo existe? Quantas vidas e quantos sonhos partidos, mortos e enterrados…
    Ótimo poema!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s