Silêncio de Deus

DSCI3777

Foto de Ronaldo Sérgio

Minha alma tem vãos
tem trechos e mistérios.
O silêncio que ela esconde
na parte mais nobre
é o silêncio de Deus.

A parte mais nobre
o aquém de minha alma
é um trecho inóspito
onde sei que não moro
nem poderia ficar.

Onde moras, oh Deus?
Em minha alma, onde moras?
No aquém de mim mesmo?
Por que te escondes de mim?
Sua face e seu cheiro
Sua fissura por mim?

Nada ouço e nada vejo
neste trecho da estrada
neste vão de silêncio
neste texto de dor
pois não te encontro em minha alma

E porque não te encontro,
encontro a mim mesmo
desfigurado e aflito
ocupado comigo
na escura desolação
da falta de ti.

Afronta-me o seu silêncio
e a sua bruta quietude.
Na escura parte de minha alma
na parte mais nobre.
E por que se desencontra de si mesma
se perde de Ti.

Ronaldo Sérgio

Anúncios

7 comentários em “Silêncio de Deus

  1. Parabéns por mais um belo trabalho e que outros não tardem a vir.

    Curtido por 1 pessoa

  2. mariel disse:

    Escute “Sobre todas as coisas”. Há respostas ali para esse poema maravilho.

    Curtido por 1 pessoa

  3. vileite disse:

    Lindo e pungente !

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s