Amor-café

 

 

Café2

Ouço pancadas
como as de um pilão
em minha alma
a poeira e a casca
jogadas com força
caem no chão
no fundo as sementes
o fruto, o pão.

Vejo fumaça
de um torrador
que como a vida gira
lenta e bonita
em minh’alma fica
o gosto e o cheiro
até que cheguem
ao meu coração.

Sinto o sabor
do amargo-doce
quente como amor-café
fino e puro
enchendo a casa
alegrando o dia
morando em meu peito
toca-me inteiro
beber-te assim.

Café3

Café4

 

Fotos de Fatima Maia

Ronaldo Sérgio

Anúncios
Esta entrada foi postada em Poesias.

15 comentários em “Amor-café

  1. Wow, i love the photos they are perfect for what you’ve written, many compliments!

    Curtido por 2 pessoas

  2. Adorei o poema e a simplicidade que as fotos transmitem!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Me fez lembrar de um tempo tão distante, que nem sei se existiu de verdade! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  4. Fransiely disse:

    Olá, tudo bom? Espero que sim!😀 Meu blog foi indicado ao Prêmio Dardos e eu tive o prazer de indicar mais 15 blogs ao Prêmio!😀 E o seu blog foi um dos meus indicados!😀 Vem cá conferir: https://nasuaestante.wordpress.com/2016/05/26/o-blog-e-indicado-ao-premio-dardos/
    Super abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Muito bom. Escreves bem e quando colocas imagens, citas o autor. Parabéns!!🌼🌻🌿

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s