Bicho abrutalhado

DSCI3517

Ronaldo Sérgio

Minha alma é o rancho
a bica d’água serena
a foice, a enxada, o gancho
e a flor de açucena.

Minha alma é arame farpado
a várzea, a montanha e o céu
o caminho ensolarado
e os pedregulhos ao léu.

Minha alma é os cafesais
a chão seco e molhado
o vento sobre os arrozais
e o bicho abrutalhado.

Minha alma é a gruta de pedras
o riacho brando e frio
as seriemas nas serras
e o berro das bestas no cio.

Minha alma é o sangue no chão
o suor nas camisas rasgadas
o calo dorido na mão
as brasas já apagadas.

Minha alma não sou eu
sou borrões espatifados
velho como velho é Deus
vivendo de eternos fados.

Ronaldo Sérgio

Anúncios